Quer permanecer empregado em tempos de crise? Aprenda Cobol

A Computerworld publicou esse post sobre a estabilidade no emprego desfrutada por programadores em Cobol.
Achei interessante. 😉

Eles ligaram a carência de programadores em uma linguagem antiga, mas ainda muito utilizada, à sobrevivência e estabilidade em tempos de turbulência nos mercados. Seria como dizer, aprendam a remar pois nem todos tem dinheiro para investir em barcos a vapor, e os barcos a remo estão por aí em busca de remadores…   rsss

Falando francamente, seja para trabalhar com Cobol, Java, .Net, ou qualquer outra tecnologia, o que faz a diferença é a capacidade do indivíduo. Ninguém vai contratar um incompetente somente porque ele sabe Cobol. ele pode até ser contratado, mas daí a ter alguma estabilidade…

Brincadeiras a parte, vale a pena ler também As Confissões de um Programador de Cobol, que conta o caso de um americano que aprendeu Cobol aos 40 anos.

Facebook comments:

One thought on “Quer permanecer empregado em tempos de crise? Aprenda Cobol

  1. “Falando francamente, seja para trabalhar com Cobol, Java, .Net, ou qualquer outra tecnologia, o que faz a diferença é a capacidade do indivíduo. Ninguém vai contratar um incompetente somente porque ele sabe Cobol.”

    É isso ai… competência é o ponto. Ontem a noite estava conversando com um advogado sobre a prova da OAB. Ele me disse que só 12% são aprovados. Só que desses ai, quantos conseguem ir além do conhecimento da lei e realmente defender seus clientes? Poucos…

    Não basta saber a sintaxe ou como o SDK/IDE funciona, você precisa entregar o que lhe é pedido. Tiro o chapéu para quem já desenvolveu para bancos e pode viver naquele ambiente de alta complexidade, grandes volumes e cheio de restrições. É algo que vai bem além do código.

    Abs

Leave a Reply