WebSphere sMash – Project Zero

Acabei de participar do evento de lançamento do WebSphere sMash no Brasil, lá na sede da IBM.

Em resumo, a idéia me pareceu muito boa, o sMash deve evoluir muito ainda e a IBM e a comunidade envolvida no desenvolvimento tem condições de sobra para fazer com que isso ocorra. Num dos vídeos que encontrei, o Project Zero é chamado de um Community-Driven Development. Soa bem não? ūüėÄ

Nesse mesmo vídeo fala-se em: Zero Complexity, Zero Obstacles, Zero Overhead.

image

Bom, confesso que fui até lá na esperança de ver algo como o Yahoo Pipes ou o Google MashUp, com toda aquela facilidade de criação e integração, adicionada à capacidade de instalá-lo dentro de um ambiente corporativo. O que vi foi algo muito simples de instalar, de usar e, de tão simples que me pareceu, acabou não atendendo de imediato minhas expectativas.

Bom, não vou culpar o software, a apresentação foi rápida demais e estava mais focada nos conceitos que os levaram a desenvolver o produto, do que na demonstração de fantásticas possibilidades, que era o que eu esperava ver.

Como um bom curioso, chegando em casa fui ao site do ProjectZero.org e me deparei com algo muito mais interessante do que o exibido no evento. Uma descrição de como integrá-lo aos gadgets da google: Powering Google Gadgets with WebSphere sMash

E ainda com uma série de vídeos no Youtube mostrando-o em ação, como os abaixo:

Project Zero: Install To Hello World

Project Zero: Application Builder Intro Part 1

Project Zero: Application Builder Intro Part 2

Extending SugarCRM with ProjectZero/WebSphere sMash

ZSL talks about IBM WebSphere sMash

De qualquer forma, ficou claro que o sMash foi muito bem pensado como o principal objetivo de ser algo simples, em todos os aspectos.

Para ler mais sobre ele e até baixá-lo, vá ao site ProjectZero.org

Eu baixei, vamos ver se aprendo a usá-lo. ūüėČ

Facebook comments:

One thought on “WebSphere sMash – Project Zero

Leave a Reply